Saiba tudo sobre testes de espuma e seus impactos no desenvolvimento de produtos

folder_openBlog

O teste de espuma é um dos mais novos testes viabilizados pela KRÜSS, empresa que fabrica equipamentos para testes analíticos de ciência de superfície em laboratório, o Testador de Espuma (Foam Tester – FT) é um equipamento que mede a estabilidade e a capacidade de formação de espuma.

Em determinados produtos e processos, a formação de espuma é um parâmetro importante, como no caso de produtos de higiene pessoal, higiene doméstica, alimentação, entre outros. No caso de produtos de limpeza, por exemplo, a espuma é muito útil para indicar a presença do produto no local de aplicação. 

Já em outros produtos, a espuma não é bem-vinda, podendo ser indesejada ou problemática. Isso é verdade para atividades de pintura, revestimentos, impressão, lubrificação refrigerante, e processos de bombeamento cíclico de líquidos. No caso de líquidos em movimento constante, a espuma pode ser um problema quando se forma em maior velocidade do que se desfaz. 

Se, por exemplo, uma determinada tinta forma muita espuma durante a aplicação, após a secagem, a tinta consolidará o formato dessa espuma e o resultado será uma pintura com relevo, que em muitas ocasiões não é desejada. 

Para garantir a presença ou ausência de espuma nas substâncias, de acordo com a necessidade, é preciso conhecer o exato comportamento do líquido e dos aditivos para inibição da espuma, medindo os parâmetros com precisão. 

Foam Tester KRUSS 

O Testador de Espuma da KRÜSS, Foam Tester-FT, é designado para auxiliar na garantia dessa qualidade, por meio da análise da capacidade de formação e a velocidade de decomposição de espuma em líquidos, fornecendo informações significativas, em um alto nível de tecnologia. Tem como objetivo proporcionar análises para verificar a formação da espuma em líquidos, sua estabilidade, comportamento e qualidade. 

Ele fornece resultados objetivos graças à detecção eletrônica da altura da camada de espuma e sua atividade é realizada de maneira automatizada, o que otimiza o processo e a precisão, um diferencial em relação à maioria dos equipamento disponíveis no mercado que são dependentes do usuário para a formação da espuma e leitura dos resultados. 

A tecnologia utilizada para a formação de espuma para análise no interior do Foam Tester-FT é padronizada, e se dá pelo afluxo de gás controlado eletronicamente de forma precisa. Os ciclos automáticos podem revelar em que condições a espuma se forma ou decai mais rapidamente. Para simular as condições reais do dia a dia de trabalho, o equipamento suporta testes em temperaturas até 90ºC e permite conexão com gases externos, como CO2. 

As leituras são feitas automaticamente e disponibilizadas ao usuário, à partir da memorização da altura total de espuma na coluna de medição e do líquido abaixo da espuma, a informação é relacionada com a quantidade absoluta de espuma e fornece dados relevantes sobre o conteúdo do líquido e a velocidade de vazão. 

O uso do equipamento é relativamente simples. O cilindro de medição é posicionado com um simples encaixe. O sistema flexível, que pode utilizar papel de filtro para fornecer os poros para formação de espuma, faz com que os componentes sejam de fácil limpeza. O Testador de Espuma KRÜSS também permite que uma amostra seja preparada enquanto outra está sendo testada, para economizar tempo. Adicionalmente, o software ADVANCE permite a manutenção dos dados computadorizados. 

O Foam Tester-FT KRÜSS é uma solução tecnológica completa, de fácil usabilidade e recomendado para atingir padrões de qualidade elevados. 

O Foam Tester-FT KRÜSS é indicado para: 

  • Identificar agentes de inibição da formação de espuma 
  • Prevenção da formação de espuma em líquidos de bombeamento contínuo, águas de descarte, tintas e vernizes, líquidos lubrificantes e de refrigeração. 
  • Espumas para lavagens e limpeza 
  • Espumas de alimentos e produtos de higiene 
  • Espumas para controle de fogo 
  • Flotação para separação de sólidos 

O Foam Tester-FT KRÜSS tem como opções de medição: 

  • Altura e volume máximo de espuma 
  • Capacidade de formação de espuma 
  • Curva de decaimento: altura e volume total e/ou relativos em cada ponto de medição 
  • Tempo de redução do volume do líquido na espuma e da espuma em si pela metade (meia-vida) 
  • Temperatura da amostra.
Tags:
Menu